Herpes nos olhos – uma doença viral com consequências perigosas

Herpes no corpo humano pode se manifestar de diferentes maneiras. A opção mais perigosa é o herpes nos olhos. O herpes oftálmico não é perigoso por si só, muito pior do que suas consequências – ceratiteIsto é, dano da córnealevando a visão prejudicada e até cegueira. O vírus do herpes é a causa mais comum de ceratite, principalmente se ocorrer novamente. Sem tratamento adequado, o herpes afeta cada vez mais tecidos oculares, o que significa que a perda da visão se torna inevitável.

Muitas pessoas não sabem que é possível restaurar a visão com as cápsulas CleanVision. Este é um complexo que contém componentes exclusivos projetados para o tratamento e prevenção de doenças oculares. Segundo o fabricante deste medicamento, agora não há produtos similares com essas propriedades terapêuticas!Cápsulas para restauração da visão - Cleanvision

Descrição detalhada da droga Cleanvision pode ser lido neste artigo. Site oficial do fabricante da cápsula Cleanvision localizado neste endereço: https://cleanvisionnd.com/

Não deixe de dizer a melhor droga para as pessoas que têm problemas de visão!

Causas do Herpes Oftálmico

A causa mais comum de herpes labial nos olhos é o vírus herpes simplex ou vírus herpes zoster (catapora), embora o vírus do herpes possa causar herpes 2 tipo (genital), citomegalovírus e vírus do herpes 6 tipo (causando roséola). Todos esses tipos de vírus estão embutidos nas células do corpo, onde ocorre a formação de novas partículas virais.

O vírus entra no corpo através da mucosa oral, sistema respiratório ou sexualmente. Você pode contrair herpes usando um prato ou toalha com um paciente. Primeiro, o vírus vive no tecido do epitélio, depois se move para o sangue e a linfa, graças aos quais se espalha por todo o corpo.

Por enquanto, o corpo resiste aos vírus, pois é protegido pela imunidade. Se o vírus entra na membrana mucosa do olho, o interferão produzido pela mucosa impede a sua propagação. Além disso, os tecidos do olho são protegidos por imunoglobulinas contidas no líquido lacrimal. O vírus que causa herpes nos olhos pode "dormir" nos nós nervosos por um período muito longo.

Se, por algum motivo, a imunidade for reduzida, o vírus do herpes se fortalece e se manifesta na forma de herpes oftálmico. A redução da imunidade ocorre como resultado das seguintes situações:

  • super refrigeração;
  • exposição prolongada ao sol;
  • doenças infecciosas;
  • estresse;
  • lesões oculares;
  • o uso de certos medicamentos (imunossupressores, citostáticos, etc.);
  • gravidez.

O vírus "adormecido" até esse momento "acorda" e vem à superfície na forma de vesículas características. Essa variante do desenvolvimento da doença é chamada endógeno. A via exógena ocorre quando a infecção ocorre diretamente através das vesículas do herpes – um líquido contendo vírus em alta concentração entra na membrana mucosa dos olhos, resultando em infecção pelo herpes oftálmico. Esse caminho é especialmente característico das crianças que brincam juntas e podem se infectar com o toque direto.

Herpes nos olhos – sintomas

O herpes do olho pode ser confundido com alergias ou doenças causadas por bactérias (conjuntivite, blefarite ou queratite bacteriana) Todas as doenças inflamatórias oculares – incluindo herpes – são acompanhadas pelos seguintes sintomas:

  • vermelhidão da pálpebra e do próprio olho;
  • dor;
  • distorção e violação da acuidade visual, especialmente ao entardecer;
  • fotofobia;
  • lacrimação.

Os sintomas locais podem ser complementados por sintomas gerais – dor de cabeça, náusea, gânglios linfáticos inchados e febre.

Cleanvision  Sintomas iniciais de catarata, tratamento, medicamentos

Sintomas específicos de herpes nos olhos, segundo os quais pode ser distinguido de outras doenças:

  • queimação e coceira severas da pele nas pálpebras e ao redor dos olhos;
  • o aparecimento de bolhas com líquido no interior, que então estouram e ulceram.

Formas de herpes

O herpes oftálmico de outros tipos de herpes é caracterizado por um grande número de manifestações, e os sintomas de recaídas podem variar bastante. Dependendo do dano aos tecidos do olho, as seguintes formas principais de herpes nos olhos são distinguidas:

A conjuntivite herpética é uma lesão da conjuntiva, ou seja, uma fina película de epitélio que cobre o globo ocular e o interior das pálpebras. A lesão herpética é manifestada pela vermelhidão do olho;

Blepharo-conjuntivite – inflamação e formação de vesículas herpéticas nas pálpebras ou ao longo da linha de crescimento dos cílios são adicionadas à derrota da conjuntiva. Bolhas também podem aparecer na superfície interna das pálpebras; nesse caso, aparecem lacrimações severas e fortes dores nos olhos;

Ceratite – a córnea é afetada, na qual aparecem bolhas

A queratoiridociclite é uma inflamação da córnea com lesão vascular no olho. Esta é a forma mais grave de herpes, difícil de curar. Esse herpes pode ser repetido várias vezes.

Como identificar o herpes

Os sintomas de um olho frio, como o herpes costuma ser chamado, são semelhantes aos sinais de outras doenças. O diagnóstico preciso coloca oftalmologista, que realiza a inspeção com uma lâmpada de fenda, como resultado da detecção de ulcerações e outras lesões da córneabem como inflamação dos vasos oculares. Também em condições hospitalares, é realizada a raspagem das células da mucosa ou pele afetada, que é estudada usando um microscópio luminescente.

Outro método de diagnóstico é um ensaio imunossorvente ligado a enzima, devido ao qual é possível detectar a presença de anticorpos contra o vírus.

Os métodos de diagnóstico listados são necessários para lesões da córnea e dos vasos sanguíneos. Como regra, os danos herpéticos na membrana mucosa dos olhos e na pele das pálpebras são visíveis sem um exame médico. O herpes na pálpebra é caracterizado por múltiplas erupções cutâneas na forma de pequenas vesículas com linfa – um fluido que gradualmente se torna turvo. As bolhas doem e coçam muito. Se você pentear a ferida, ela se espalha ainda mais.

O que é herpes perigoso nos olhos

Se o herpes estiver localizado na superfície, o tratamento adequado permitirá que você se livre dele sem consequências negativas. Se os tecidos mais profundos forem afetados, as seguintes consequências são possíveis:

  • turvação da córnea;
  • acuidade visual reduzida;
  • hemorragias retinianas;
  • descolamento de retina (total ou parcial);
  • catarata;
  • glaucoma;
  • morte retiniana;
  • perda total da visão.

É claro que problemas graves de visão surgem não do herpes primário, mas se não for tratado, ele voltará a ocorrer, afetando sempre as estruturas mais profundas do olho, o que levará a consequências irreversíveis.

Herpes no olho de uma criança

Na infância, os fatores de risco para a manifestação do herpes nos olhos são hipotermia, superaquecimento, exposição excessiva ao sol, estresse, alterações hormonais no corpo, vacinas, microtraumas oculares. Nas crianças, o herpes oftálmico geralmente é acompanhado por erupções herpéticas nos lábios. Além da aparência de bolhas nas pálpebras e lábios, você deve prestar atenção aos seguintes sintomas:

  • vermelhidão do olho;
  • lacrimejamento;
  • comichão nas pálpebras;
  • dor nos olhos;
  • sensação de areia nos olhos.

Todos esses sintomas indicam o desenvolvimento de herpes nos olhos. Nesse caso, você deve consultar imediatamente um médico. As gotas de oftalmoferon podem ser usadas como primeiros socorros antes da consulta médica para aliviar o desconforto e suprimir a atividade do vírus.

A automedicação para herpes em crianças é estritamente proibida! A terapia incorretamente selecionada ou a falta de tratamento levarão a problemas sérios, incluindo perda de visão.

Cleanvision  Retinite - inflamação da retina

Atenção especial deve ser dada à prevenção do herpes aos olhos de uma criança. Para fazer isso, você precisa levar um estilo de vida saudável, observar o regime do dia, dormir o suficiente, não exagerar e não trabalhar demais. Vale a pena tomar vitaminas sazonalmente, complexos oculares especiais com extrato de mirtilo são especialmente úteis.

Tratamento ocular do herpes

Como tratar um resfriado nos olhos? Depende da forma da doença. Se apenas tecidos superficiais forem afetados, haverá medicamentos suficientes para aliviar o desconforto e suprimir a atividade do vírus.

Existem quatro tipos de medicamentos usados ​​para tratar o herpes nos olhos do complexo:

  • antiviral;
  • agentes imunomoduladores;
  • imunoterapia específica (vacina contra herpes);
  • agentes sintomáticos: vitaminas, analgésicos, descongestionantes, etc.

Se os tecidos profundos do olho forem afetados, apenas a intervenção cirúrgica ajudará: coagulação (termo ou laser), ceratoplastia e outros tipos de operações que localizarão ou removerão o tecido afetado.

Antivirais para o tratamento do herpes nos olhos

A membrana mucosa do olho é diferente da pele, portanto, para aplicar drogas a ela, são utilizadas formas que não irritam a membrana mucosa. Para suprimir a atividade do vírus do herpes, são usadas pomadas e gotas oculares, além de comprimidos e injeções.

Os medicamentos mais eficazes para o tratamento do herpes nos olhos:

  • Aciclovir – nesta forma da doença, é tomado por via oral na forma de comprimidos (0,2 gramas até 5 vezes ao dia), e a pomada é aplicada topicamente. Você pode usar Zovirax ou Virolex;
  • Valaciclovir – para o tratamento do herpes oftálmico, use apenas comprimidos, por exemplo, Valtrex 0,5 gramas duas vezes ao dia. Uma vez no corpo humano, o valaciclovir é convertido em aciclovir, que é mais ativo contra o vírus do herpes;
  • Oftan-IMU (idoxuridina, queracina, etc.) é um medicamento especial para o tratamento do herpes nos olhos. Disponível sob a forma de gotas contendo um análogo da timina. A droga impede que o vírus se multiplique e inibe sua atividade. Gotas são instiladas frequentemente – a cada hora. Com o uso prolongado, o medicamento pode causar danos à córnea;
  • TFT (trifluorotimidina) – outra gota semelhante ao Oftan-IMU, mas com um efeito menos tóxico;
  • Vidarabina – gel contra o herpes ocular, que é aplicado à conjuntiva até cinco vezes ao dia;
  • Tebrofen, riodoxol, unguentos contra o herpes, são aplicados na pele das pálpebras afetadas pelo herpes e colocam-no sobre as pálpebras.

Medicamentos imunológicos para herpes oftálmico

O herpes é um sinal de diminuição da imunidade, razão pela qual a imunoterapia é realizada para erupções herpéticas, para as quais são utilizadas preparações de interferon e imunoglobulina.

Imunoglobulinas para terapia inespecífica para herpes – bloqueio e interferon-alfa, bem como reaferon:

  1. Interloc e interferon-alfa são gotas de sangue doadas na forma de interferons de leucócitos humanos. Eles modificam as membranas celulares, para que o vírus não penetre nelas.
  2. Reaferon é uma preparação bacteriana sintética contendo interferon humano. Meios sob a forma de gotas para instilação no olho. Também pode ser injetado na área ao redor do olho.

Além das preparações de imunoglobulina, são utilizados indutores de interferon:

  • meio dan;
  • levamisol;
  • amixina;
  • licopídeo;
  • cicloferon;
  • thymalin.

Esses medicamentos podem ser tomados na forma de comprimidos, bem como na forma de injeções; em alguns casos, são feitas injeções periocularmenteIsto é, diretamente nos olhos. Graças ao uso desses medicamentos, a produção de interferon próprio pelo corpo humano aumenta. E se tomar imunoglobulinas pode causar alergias, os indutores de interferon praticamente não têm efeitos colaterais.

Vacina contra Herpes

Uma vacina herpética foi desenvolvida a partir de vírus inativados do herpes simplex e herpes simplex tipo 2. A vacina é administrada com herpes oftálmico recidivante estritamente durante o período sem exacerbação da doença, a administração da vacina pode ser repetida não antes de seis meses depois. As vacinas estão no mercado de diferentes fabricantes, os mais famosos são Vitagerpevak e Gerpovaks da produção russa, bem como a Gerpevak fabricada na Bélgica.

Cleanvision  A planta recebeu um novo proprietário e estratégia

Além disso, para imunocorreção específica para herpes nos olhos, o interferon anti-herpético é usado na forma de uma pomada, que é aplicada topicamente. Herpferon composto interferon recombinante e aciclovir a 3%Assim, o medicamento bloqueia a ação do vírus e protege as células saudáveis.

Medicamentos Concomitantes

A infecção herpética dos olhos é frequentemente acompanhada de dor e cãibras. Para aliviar espasmos, use mydriatics (Atropina, Irifrin e outros). Além disso, com graves danos aos tecidos, os olhos são prescritos anti-sépticos e antibióticos.

Muitas vezes, infecções bacterianas são adicionadas ao herpes. Anti-sépticos e antibióticos são usados ​​para tratar esta complicação. Mais eficaz para o tratamento de infecções concomitantes cefalosporinas e fluoroquinolonas. Os antibióticos são injetados ou na forma de gotas, e também são usadas pomadas de tetraciclina e eritromicina.

Antibióticos não devem ser tomados sem receita médica e exame bacteriológico!

O dano ocular herpético – especialmente complexo – é tratado com um grande número de drogas, o que pode causar uma reação alérgica. Para evitá-lo, geralmente são prescritos anti-histamínicos como Suprastin, Tavegil etc.

Para uma recuperação rápida, são prescritos preparados vitamínicos, bem como medicamentos que melhoram o suprimento de sangue para os olhos. Este é o ácido nicotínico, vitaminas A, C, grupo B, pentoxifilina.

Remédios populares

A membrana mucosa do olho é um tecido muito delicado., o que é indesejável para agir com substâncias irritantes. Um remédio popular eficaz para o tratamento de herpes labial nos olhos é o suco de alho, mas você não pode recomendá-lo a todos. As reações oculares individuais podem ser imprevisíveis.

É melhor usar produtos mais leves:

  • infusão de flores de marshmallow – para lavar os olhos, a infusão é preparada a partir de 2 colheres de sopa de flores secas, fabricadas em um copo de água fervente;
  • mel com água na proporção de 1 para 2 – instilar nos olhos;
  • uma compressa de suco de endro fresco alivia a inflamação;
  • mingau de batatas frescas raladas – essa loção alivia a dor e a queimação;
  • infusão de rosa mosqueta – usada para lavar os olhos e comprimir, alivia a inflamação e a dor;
  • o suco de aloe diluído (1:10) é instilado no olho e usado para compressas.

Vale a pena considerar que os remédios populares são projetados para aliviar a condição do paciente, mas não curam a doença. Eles não podem resistir ao vírus. Portanto, você não pode usar apenas remédios populares.

Prevenção de herpes labial nos olhos

O herpes nos olhos é perigoso, com freqüentes recaídas. Portanto, é importante impedir que o vírus se espalhe.

Para impedir que o herpes se espalhe para outras pessoas, é importante:

  • observe a higiene pessoal
  • use pratos e toalhas individuais,
  • excluir o contato direto com o paciente.

Uma pessoa propensa a manifestações de herpes na frente dos olhos deve levar um estilo de vida saudável, evitar hipotermia ou superaquecimento ao sol, não excesso de trabalho.

Para fortalecer o sistema imunológico e, portanto, para a prevenção de herpes, caminhadas ao ar livre e educação física, endurecimento, nutrição adequada e ingestão de multivitaminas são úteis. Nas primeiras manifestações de herpes labial nos olhos, você deve consultar um médico e escolher a terapia adequada para evitar o desenvolvimento do vírus do herpes no corpo e lesões oculares complexas.

Todas as informações são fornecidas apenas para fins educacionais. E não é uma instrução para auto-tratamento. Se você se sentir mal, consulte um médico.

Cleanvision Portugal