Como prevenir a catástrofe, os primeiros sinais de catarata e glaucoma nos estágios iniciais

As doenças oculares degenerativas não são uma ocorrência tão rara e uma porcentagem bastante grande de pessoas sofre de catarata e glaucoma em diferentes estágios. A maioria das doenças está relacionada à idade, mas o fator hereditário, as predisposições individuais e a influência externa também podem desempenhar um papel.

Muitas pessoas não sabem que é possível restaurar a visão com as cápsulas CleanVision. Este é um complexo que contém componentes exclusivos projetados para o tratamento e prevenção de doenças oculares. Segundo o fabricante deste medicamento, agora não há produtos similares com essas propriedades terapêuticas!Cápsulas para restauração da visão - Cleanvision

Descrição detalhada da droga Cleanvision pode ser lido neste artigo. Site oficial do fabricante da cápsula Cleanvision localizado neste endereço: https://cleanvisionnd.com/

Não deixe de dizer a melhor droga para as pessoas que têm problemas de visão!

O que são doenças?

O glaucoma e a catarata geralmente são reunidos, porque é dessas doenças que a maioria das pessoas com queixas de visão sofre (além de distúrbios congênitos, como miopia e miopia).

Une doenças, e ambas levam à perda parcial ou completa da visão, se nada for feito. O glaucoma é um perigo mais sério que a catarata, mas é necessário um tratamento rápido e moderno nos dois casos. A catarata tem menos probabilidade de levar a cegueira adicional de uma pessoa, mas ainda existe.

O que é glaucoma?

O glaucoma é uma doença ocular degenerativa crônica perigosa, principalmente relacionada à idade. No glaucoma, é o nervo óptico que é afetado, que não pode ser restaurado pela medicina moderna. A doença negligenciada leva à cegueira final, que não pode ser corrigida nem cirurgicamente.

Um sinal sério é a presença de forte pressão intra-ocular nesta doença – ela representa um perigo não menos que o processo de destruição do nervo. É possível corrigir um olho afetado pelo glaucoma, mas isso deve ser feito em tempo hábil. Se o tempo for perdido, será impossível retornar a visão.

  • pacientes com diabetes
  • pessoas com mais de 55 ou 60 anos;
  • pessoas com problemas de pressão.

O que é catarata?

Esse é um problema menos sério, mas se não for tratada, a catarata pode ser muito perigosa. Se o glaucoma afeta a parte mais importante do olho – o nervo óptico, as cataratas são apenas um turvação da lente. A diferença fundamental é que a lente não é apenas restaurada, mas também substituída. A cegueira completa devido a catarata nos cuidados médicos modernos é improvável.

Uma lente turva é caracterizada apenas pela perda parcial da visão (em casos muito avançados – completos) e não representa perigo para outros órgãos. A operação para substituir a lente “nativa” por uma lente especial é uma das mais seguras em cirurgia ocular, a porcentagem de retorno da visão total após o procedimento tende ao máximo.

  • diabéticos, pessoas envelhecidas – da mesma forma com glaucoma;
  • lesões oculares (físicas, químicas, ultravioletas);
  • doenças oculares inflamatórias.

Por que surgem patologias?

Basicamente, o motivo é a hereditariedade, porque aqueles cujos parentes sofriam de glaucoma ou catarata em qualquer grau e com quaisquer conseqüências deveriam definitivamente prestar mais atenção à sua saúde.

No entanto, mesmo um descendente de pessoas completamente saudáveis ​​em termos de olhos pode receber problemas como resultado de doença ou lesão. Depois de receber uma lesão ocular, é necessário um exame adicional após algum tempo – muitas vezes os danos se tornam um catalisador para o processo.

Algumas doenças podem contribuir para o desenvolvimento dessas patologias – diabetes, problemas de pressão e comprometimento congênito natural da qualidade da visão. A miopia mais grave é a mais perigosa – de acordo com as estatísticas, é ela quem passa ao longo do tempo em patologias mais graves.

Causas de dano ocular simultâneo

Catarata e glaucoma são doenças diferentes que existem independentemente uma da outra. No entanto, algumas vezes essas duas doenças se acompanham e esses casos não são de maneira alguma raros. A razão é que o glaucoma geralmente atua como um catalisador para a catarata, mas não cresce, mas continua a se desenvolver em paralelo.

Cleanvision  Tratamento de astigmatismo com cirurgia

A turvação da lente não é a pior coisa que ocorre como resultado de cataratas avançadas, pois pode ser alterada. Pior, as cataratas combinadas com glaucoma são mais perigosas e mais difíceis de tratar.

A oftalmologia moderna permite ao paciente não fazer uma escolha entre duas doenças, mas tratar as duas ao mesmo tempo – as técnicas apropriadas para eliminar as duas doenças existem simultaneamente, foram implementadas com sucesso e praticaram tempo suficiente para serem confirmadas e aprovadas por médicos e especialistas influentes.

Como as doenças se desenvolvem em paralelo:

  1. Inicialmente, apenas uma das patologias aparece. Para que se torne perigoso o suficiente para o segundo aparecer, é necessário ignorá-lo por algum tempo.
  2. A catarata causa aumento da pressão dentro do olho. Isso ocorre devido a distúrbios nas lentes, que aumentam e tornam a circulação do fluido ocular impossível ou extremamente difícil.
  3. Devido ao acúmulo de líquido, a pressão, por sua vez, aparece no nervo óptico, as células nas quais, como resultado dessa carga, começam a morrer.
  4. O resultado é sempre o mesmo – o paciente adquire a chamada “visão de túnel”, na qual perde a vista lateral e só pode ver diretamente (diminuindo a vista para 15 ° C).
  5. As doenças continuam progredindo (a pressão intra-ocular não elimina a lente turva) em paralelo, o paciente praticamente perde a visão dentro de um olho ou completamente.

Esse desenvolvimento de eventos é a razão da pressa na luta contra a catarata. Quanto mais rápido o tratamento começa, maiores as chances de o nervo óptico (uma estrutura que não pode ser restaurada) ser preservado intacto.

Sinais iniciais da doença

Como a velocidade de reação do paciente e dos médicos é uma das principais coisas no tratamento de catarata e glaucoma, é importante que o próprio paciente conheça os sintomas de que você precisa procurar ajuda o mais rápido possível. O autodiagnóstico em uma doença tão complexa é impossível, mas você deve definitivamente consultar um médico se suspeitar.

O grande erro é automedicar cataratas ou glaucoma. É impossível se livrar dessas patologias por conta própria.

Sintomas durante o desenvolvimento

O paciente será o primeiro a perceber sintomas de catarata; posteriormente, se a doença for complicada por glaucoma secundário, o número de sintomas aumentará. A melhor opção seria ir à clínica mesmo na fase de uma única catarata, mas se por algum motivo isso não aconteceu, é importante conhecer os sinais pelos quais essas doenças podem ser distinguidas de outras patologias dos órgãos de visão.

  1. Deficiência visual. Essa é a primeira coisa com a qual a maioria dos pacientes começa a se preocupar, mas as limitações decorrentes de doenças oculares podem ser diferentes. Nas cataratas, com as quais tudo começa, a mancha da “imagem” que o olho vê é característica. Isso ocorre porque uma lente danificada não consegue mais perceber uma quantidade suficiente de raios de luz.
  2. Revisão de limite. Esse sintoma vem com uma complicação do glaucoma – o paciente perde completamente a visão lateral e só pode ver diretamente.
  3. Dor e desconforto. A pressão intra-ocular não passa sem deixar vestígios – embora o olho em si não sinta nada, é cercado por órgãos e vasos sanguíneos sensíveis. Tanto a dor intensa quanto a pressão, sensação semelhante à fadiga ocular, podem ser sentidas.
  4. A reação à luz e às cores. Um paciente com essas patologias experimentará um desconforto severo ao olhar para fontes de luz brilhantes e também perderá gradualmente a percepção das cores (as cores serão esbatidas e opacas).

Se algum destes sinais aparecer, você deve consultar imediatamente um médico – isso economizará tempo. Nenhuma dessas patologias é garantia de cegueira se eliminada com o tempo.

Quando a turvação da lente é resultado do aumento da PIO?

Normalmente, as cataratas provocam um aumento na pressão intra-ocular, mesmo naqueles que nunca sofreram assim, mas acontece o contrário – por si só, o aumento da PIO também pode causar patologia. O fato é que a catarata está longe de ser a única doença que provoca aumento da PIO, e existem várias outras razões:

  1. Hipertensão oftálmica. Uma patologia em que o aumento da pressão intra-ocular no paciente é observado constantemente ou periodicamente, mas, ao mesmo tempo, não há razões visíveis para isso na forma de lesões oculares.
  2. Deficiência ou excesso de umidade intra-ocular. A umidade intraocular é um segredo natural do olho, secretado para hidratação ou proteção. O desvio da norma em qualquer direção é um distúrbio frequente relacionado à idade – a circulação deixa de funcionar como deveria para processos oculares saudáveis.
  3. Lesões e outras lesões. As lesões podem facilmente perturbar o delicado equilíbrio das interações entre os componentes do olho, às vezes aumentando irreversivelmente a PIO.
Cleanvision  Cirurgia de estrabismo (3)

Os fatores listados acima afetam a PIO, e a pressão, por sua vez, contribui para o desenvolvimento de cataratas, que apenas exacerbam o sintoma.

diagnósticos

Em estágios avançados, é fácil reconhecer doenças, mesmo sem o uso de equipamento adequado, mas se o paciente chegar a tempo, os mais recentes métodos de diagnóstico são utilizados para examinar os olhos, o que possibilita determinar com alta precisão o progresso da doença e a preservação dos órgãos visuais.

Métodos Diagnósticos

Métodos modernos de diagnóstico – este não é um exame simples, mas um estudo detalhado que permite ao médico assistente iniciar a terapia o mais rápido possível, tendo determinado exatamente a natureza da patologia. Tanto a catarata quanto o glaucoma podem ser detectados nos estágios iniciais se o paciente prestar atenção aos sintomas primários e for fazer um check-up.

Os principais métodos de diagnóstico:

  • Tonometria. Um procedimento para medir a PIO em um paciente – métodos convencionais não são adequados para isso.
  • Perimetria. Determina o ângulo máximo de visão disponível para o paciente, embora ainda não seja óbvio.
  • Oftalmoscopia Simplificando, o procedimento para examinar o fundo ao qual o nervo está ligado. Permite estudar em detalhes o estado do fundo e do próprio nervo.
  • Tomografia de coerência óptica. Um método criado especificamente para o exame mais detalhado do nervo óptico.

Usando esses métodos, o optometrista será capaz de determinar a patologia mesmo em seu estágio inicial, quando for possível sem intervenção cirúrgica ou prevenir complicações.

Sinais distintos de patologias durante o exame

Entre todos os sinais de glaucoma e catarata, suas características externas devem ser destacadas. Se, nos estágios iniciais, esses desvios só podem ser suspeitados com a ajuda do desconforto, “moscas” específicas diante dos olhos e fadiga rápida dos olhos, então na forma negligenciada da doença, podemos literalmente ver.

Métodos de tratamento

O tratamento de catarata e glaucoma depende diretamente de quanto tempo o paciente procura ajuda. Se, em um estágio inicial, será possível interromper o tratamento medicamentoso e cumprir as prescrições médicas referentes ao período de reabilitação, os casos negligenciados deverão ser resolvidos imediatamente e nem sempre é possível evitar a cegueira final.

Medicamentos

É possível tratar patologias sem intervenção cirúrgica nos estágios iniciais, quando a eliminação do fator irritante ocular pode interromper o desenvolvimento da doença e dar tempo para seu tratamento. Os medicamentos usados ​​no tratamento precoce têm os seguintes efeitos:

  • diminuição da pressão intraocular;
  • eliminação de sintomas para aumentar o nível de conforto do paciente (redução da dor, redução da fadiga);
  • normalização de processos metabólicos (incluindo circulação de fluidos dentro do olho);
  • melhorar a qualidade do fornecimento de nutrientes ao olho, restaurando o funcionamento correto dos vasos sanguíneos na visão.

Esse tratamento é considerado o mais favorável e os próprios pacientes preferem parar nesta fase, se o desenvolvimento da doença permitir. Muitas vezes, a terapia medicamentosa é combinada com a fisioterapia.

fisioterapia

Os métodos fisioterapêuticos são usados ​​ativamente nos cursos de tratamento de catarata e glaucoma – muitos procedimentos ajudam a estabelecer processos metabólicos nas lentes, enquanto a doença ainda está em seu estágio inicial. É possível reduzir a pressão dentro do olho não apenas com medicamentos, mas também com eletroforese.

A eletroforese é um procedimento de perfil amplo, capaz de processos de restauração, mesmo no caso de doenças tão graves. É prescrito durante a terapia em si e durante a reabilitação. Basicamente, é praticada a eletroforese de cisteína (livre) através de um banho especial.

Cirurgia

A cirurgia é a última etapa do tratamento de catarata e glaucoma; pacientes que iniciaram a doença são forçados a recorrer a ela. O significado da operação é substituir a lente, se o olho ainda puder ser salvo, ou diminuir a PIO artificialmente e evitar situações semelhantes no futuro.

As operações modernas para eliminar essas doenças são completamente seguras, acessíveis e não requerem reabilitação a longo prazo.

Cleanvision  Doença ocular

As patologias podem ser operadas simultaneamente?

É possível – especialmente nos pacientes nos quais o glaucoma causou uma complicação de catarata, existe uma operação complexa que alivia o paciente de dois problemas ao mesmo tempo. Fazer isso não é mais um problema – o remédio pode curar completamente um paciente com quase cem por cento de probabilidade se ele se dirigir a tempo. Se a visão no olho afetado não puder ser salva, a operação simplesmente salvará o paciente de sintomas dolorosos ou o levará suavemente às próteses.

Contra-indicações para cirurgia complexa

Apesar da segurança da operação, uma determinada categoria de pacientes ainda não será capaz de se livrar de doenças com sua ajuda – são pacientes com aumento da pressão intra-ocular para um estado crítico. Para uma operação tão geral é perigoso.

A saída em intervenções cirúrgicas separadas é separada para catarata e glaucoma. Cada caso é individual – talvez os médicos cheguem à conclusão de que basta operar apenas uma patologia e monitorar a segunda.

Remédios populares

A medicina tradicional é basicamente inofensiva, mas quando se trata de um problema tão sério como a possibilidade de perder de vista, gastar tempo com métodos "naturais" fracos e ineficazes é perigoso.

A medicina alternativa no tratamento de catarata e glaucoma só pode ser usada como terapia adjuvante – o tratamento com sanguessugas e a lavagem com preparações à base de plantas não prejudicam se um tratamento completo for realizado em paralelo.

Consequências de doenças

A consequência mais negativa das cataratas e glaucoma é a cegueira total do olho na qual elas se desenvolvem. Esse resultado é mais do que possível se você não procurar ajuda ou pedir, mas não é suficiente seguir com precisão as instruções médicas.

Além da cegueira, a qualidade de vida diminuirá significativamente – essas patologias causam dores de cabeça, dor nos olhos e uma constante sensação de fadiga. É muito difícil trabalhar plenamente e viver apenas com esses sintomas, as doenças são frequentemente acompanhadas por estresse prolongado e um declínio significativo na capacidade de trabalho.

Medidas preventivas

Para evitar o desenvolvimento de catarata ou glaucoma, é necessário cuidar constantemente da sua saúde, e não do fato de um problema que já aconteceu. Um estilo de vida saudável deve ser suficiente para minimizar a probabilidade de desenvolvimento dessas patologias.

Atividade física

Somente à primeira vista, parece que isso não tem nada a ver com os olhos. Atividade física moderada normaliza a pressão arterial e, com ela, a circulação sanguínea, que é um dos fatores principais na saúde ocular.

Além disso, a ginástica não machuca os olhos – você precisa amassá-los de vez em quando, olhando em volta, especialmente se o trabalho é interagir com o computador ou se seus olhos se cansam por outro motivo.

Nutrição equilibrada

A nutrição adequada exclui doenças que provocam patologias oculares – diabetes, hipertensão etc. Completo com atividade física moderada, você pode se proteger de complicações na forma de catarata e glaucoma com uma probabilidade muito alta.

Limitação de emissões perigosas

É difícil imaginar a vida sem a eletrônica moderna, mas, considerando o quanto uma pessoa comum gasta na frente de telas diferentes – um computador, TV, telefone, olhos precisam de proteção.

Tente limitar seu tempo na frente do monitor ou compre óculos especiais para trabalhar com o equipamento. Eles são produzidos sem dioptrias e aliviam uma parte significativa da carga dos olhos.

Controle glicêmico

Glicemia é uma medida de glicose no sangue. É dele que fica claro o quão perto uma pessoa está do diabetes. É necessário manter seu índice glicêmico em uma norma correspondente à idade – isso é alcançado através de nutrição adequada e prevenção da obesidade nos esportes, padrões adequados de sono, caminhadas ao ar livre.

Vídeo útil

Os primeiros sinais de catarata! O que acontece se você não trata a catarata?

Conclusão

Catarata e glaucoma são patologias perigosas, mas tratáveis, que podem ser destruídas, mesmo se for o caso, se você consultar um médico a tempo. Ao prestar atenção aos sintomas, bem como verificar regularmente sua visão, você pode evitar doenças avançadas. A profilaxia adequada pode ainda mais – para avisá-los.

Cleanvision Portugal