As infecções oculares comuns são virais, bacterianas, fúngicas

Entre as doenças de natureza oftalmológica, as infecções oculares são as mais comuns. Qualquer estrutura do órgão da visão é suscetível à infecção. Os sintomas dessas doenças são diversos. O tratamento é realizado por um oftalmologista.

Muitas pessoas não sabem que é possível restaurar a visão com as cápsulas CleanVision. Este é um complexo que contém componentes exclusivos projetados para o tratamento e prevenção de doenças oculares. Segundo o fabricante deste medicamento, agora não há produtos similares com essas propriedades terapêuticas!Cápsulas para restauração da visão - Cleanvision

Descrição detalhada da droga Cleanvision pode ser lido neste artigo. Site oficial do fabricante da cápsula Cleanvision localizado neste endereço: https://cleanvisionnd.com/

Não deixe de dizer a melhor droga para as pessoas que têm problemas de visão!

razões

As infecções oculares se desenvolvem devido à penetração de agentes microbianos no olho. Isso acontece em várias circunstâncias:

  • lesão ocular é a principal razão;
  • falta de higiene pessoal;
  • penetração da infecção a partir do interior do corpo;
  • contato próximo com pacientes infecciosos.

As seguintes condições aumentam o risco de desenvolver doenças oculares infecciosas:

  • diabetes mellitus;
  • alcoolismo;
  • imunodeficiência;
  • uso prolongado de medicamentos hormonais.

A penetração da infecção externa ocorre por contato ou por gotículas no ar. Dos focos no corpo – com o fluxo de sangue ou linfa.

Sintomas de várias doenças infecciosas

Os sintomas de infecções oculares são diversas, dependendo do tipo de patógeno, a parte afetada do olho. A gravidade da doença é determinada pelo volume da lesão, o estado inicial da saúde humana. Uma pessoa doente é contagiosa para os outros, pois existe uma alocação ativa de agentes microbianos.

Viral

Um tipo comum de doença infecciosa. As infecções virais afetam os olhos mais facilmente do que outros, pois se espalham por gotículas no ar. A suscetibilidade é alta em crianças e adultos. A conjuntiva, córnea, coróide do olho é afetada.

Conjuntivite adenoviral

A conjuntivite adenoviral é causada por adenovírus, se espalha por gotículas no ar e por contato. A doença começa com febre, dor de garganta. Primeiro, um olho é afetado por uma infecção por adenovírus, após 2-3 dias – o segundo. Mucoso edematoso, vermelho, há uma ligeira descarga transparente.

Cleanvision  Ptose da pálpebra superior; causas em adultos

Conjuntivite herpética

A infecção pelo vírus herpes simplex é mais comum em crianças. Os danos oculares são precedidos pelo aparecimento de erupções cutâneas nas asas do nariz. A conjuntivite se manifesta por hiperemia da mucosa, pequenas vesículas com um líquido claro são formadas. O paciente está preocupado com coceira e queimação. A doença pode ser complicada por ceratite viral – danos à córnea.

Bacteriano

Eles também são comuns, a distribuição ocorre principalmente por contato ou de dentro do corpo. Qualquer estrutura do órgão de visão pode ser infectada.

Blefarite

Inflamação das bordas das pálpebras causada por Staphylococcus aureus ou Streptococcus aureus. As pálpebras ficam inchadas, coradas. Uma pessoa está preocupada com coceira e queimação. Aparece uma descarga espessa, devido à qual as pálpebras se grudam pela manhã.

Cevada

Inflamação purulenta da glândula sebácea, geralmente causada por estafilococos ou estreptococos. Uma pessoa reclama de dor nos olhos, inchaço e vermelhidão da pálpebra. A doença é unilateral. Um inchaço doloroso aparece na borda ciliar da pálpebra. Dois dias depois, um abscesso se forma, que logo entra em erupção.

Abcesso

Um abscesso é uma inflamação limitada da pele da pálpebra causada por estafilococos, Pseudomonas aeruginosa. É caracterizada por inchaço grave, vermelhidão da pele. Uma pessoa está preocupada com uma dor aguda nos olhos, a incapacidade de abrir as pálpebras. A temperatura corporal aumenta. Não há descarga purulenta até que um abscesso se rompa.

Dacrioadenite

A infecção afeta a glândula lacrimal. Mais frequentemente, a dacrioadenite é uma complicação da gripe, amigdalite, sinusite, pneumonia. O início é agudo – aparece dor, inchaço do canto externo do olho. A pálpebra cai, o globo ocular se move para baixo. Os linfonodos mais próximos aumentam.

Dacriocistite

Inflamação do saco lacrimal causada por infecção oportunista (estafilococo, estreptococo). O desenvolvimento da doença contribui para a estagnação do líquido lacrimal. O paciente está preocupado com o inchaço e a vermelhidão do canto interno do olho. Há uma dor aguda quando tocada. Descarga purulenta aparece.

Cleanvision  Cirurgia de catarata ocular

Conjuntivite inespecífica

Causada por infecção oportunista. Ambos os globos oculares são afetados – a membrana mucosa fica vermelha, uma descarga purulenta abundante aparece. O paciente é perturbado por uma sensação de queimação, um corpo estranho. É possível danificar a córnea.

Conjuntivite por difteria

Causada pelo bacilo da difteria. É caracterizada por edema severo das pálpebras, devido ao qual uma pessoa não pode abrir os olhos. A membrana mucosa é hiperêmica, são formados depósitos cinzentos, difíceis de separar. Um líquido turvo com cereais flui dos olhos.

Ceratite tuberculosa

Danos na córnea causados ​​pela propagação da infecção a partir do foco primário da tuberculose. Um olho é afetado, a ceratite é caracterizada por um curso crônico. Um espinho persistente é formado na córnea.

Iridociclite

Inflamação da coróide anterior – iridociclite. Uma pessoa reclama de visão prejudicada, fotofobia, aumento da lacrimação. Na esclera, capilares dilatados são visíveis. Na câmara anterior, a placa se forma na lente. Devido ao edema, a cor da íris muda.

Fungo

Eles são muito raros, principalmente em pessoas com imunidade reduzida. Nas crianças, é possível o aftas do órgão da visão – uma infecção por cândida da conjuntiva. É caracterizada por vermelhidão e inchaço da mucosa, o aparecimento de depósitos de queijo sobre ela.

Chlamydial

A infecção por clamídia afeta a conjuntiva do olho – a doença é chamada de "tracoma". A infecção é muito contagiosa, se espalha por contato e domicílio, geralmente diagnosticada em adultos. Um curso crônico é característico. A infecção passa por quatro estágios de desenvolvimento.

  1. Inicial. Hiperemia conjuntival vívida. A formação de folículos nele – pequenos grãos que causam sensação de corpo estranho, lacrimação.
  2. Ativo. Os folículos aumentam de tamanho, aparecem crescimentos papilares. Uma característica é o pannus tracomatoso. Os vasos conjuntivais crescem na córnea, formando um espinho nela.
  3. Cicatriz. A inflamação diminui; em vez de folículos, pequenas cicatrizes aparecem na mucosa.
  4. Recuperação A membrana mucosa tem uma cor esbranquiçada, coberta com múltiplas cicatrizes.

As complicações comuns do tracoma são inversão palpebral, crescimento dos cílios.

Sobre a infecção por clamídia, sugerimos assistir a um vídeo:

Cleanvision  Estrela do Archsamma; valor, como escolher e carregar o amuleto

diagnósticos

Somente um oftalmologista pode determinar o tipo de doença infecciosa que ocorre nos olhos. Para o diagnóstico, é realizado um complexo de exames:

  • inspeção visual – os principais sinais de infecção são detectados;
  • exame com uma lâmpada de fenda – o médico determina o grau de dano ao globo ocular;
  • tomar um esfregaço para infecção do olho – para determinar o patógeno;
  • se necessário, prescreva um ultrassom, CT.

Após a infecção ser determinada pela inoculação da secreção ocular em meios especiais, o médico prescreve o tratamento.

Como tratar uma infecção nos olhos?

A maioria das doenças oculares infecciosas que ocorrem em humanos são tratadas ambulatorialmente. Uma exceção são as lesões do coróide e do aparelho visual – esses pacientes precisam de hospitalização.

Para o tratamento, são utilizados medicamentos apropriados para o tipo de infecção.

  1. Antiviral. Estes incluem gotas "Ophthalmoferon", "Meio dia". Para o tratamento de lesões herpéticas, é necessário prescrever “aciclovir” em comprimidos.
  2. Antibióticos. O grupo mais comum de drogas. Prescrever gotas “Tobrex”, “Normax”, “Oftakviks”. Pomadas – "Oftocipro", "Tetraciclina".
  3. Anti-sépticos. Para tratamento externo, clorexidina, uma solução de verde brilhante, é usada.
  4. Antifúngico. Geralmente usado internamente – "Fluconazol", "Orungamine". Para uso externo, existe uma pomada "Nistatina".

Os oftalmologistas geralmente prescrevem um tratamento abrangente, já que outra infecção pode se unir a um. A automedicação é indesejável, pois existe um alto risco de complicações.

O uso de remédios populares só é permitido com a aprovação de um médico. Para a lavagem, é prescrita uma decocção de camomila, sálvia. Para doenças externas, as compressas são feitas de folhas de chá.

Prevenção

A prevenção qualitativa de doenças oculares infecciosas inclui as seguintes atividades:

  • evitar situações traumáticas;
  • exclusão de contato com pessoas doentes;
  • higiene pessoal;
  • mantendo forte imunidade.

A prevenção inclui o tratamento oportuno de patologias que causam uma diminuição da imunidade e o desenvolvimento de doenças oculares.

As lesões infecciosas do órgão da visão são causadas por vários agentes microbianos. A sintomatologia dessas doenças é diversa, para determinar a causa, você precisa realizar um exame abrangente. O tratamento é prescrito por um oftalmologista.

Compartilhe o que você lê nas redes sociais. Deixe um comentário.

Cleanvision Portugal