Sem pânico, o que fazer se a catarata for derrotada, mas o olho não enxergar após a operação

Graças às novas tecnologias médicas, a cirurgia de catarata é considerada um procedimento cirúrgico simples que apresenta um risco mínimo à saúde do paciente.

Mas o cirurgião altamente qualificado e o uso de equipamentos modernos não excluem a possibilidade de desenvolver complicações pós-operatórias.

Muitas pessoas não sabem que é possível restaurar a visão com as cápsulas CleanVision. Este é um complexo que contém componentes exclusivos projetados para o tratamento e prevenção de doenças oculares. Segundo o fabricante deste medicamento, agora não há produtos similares com essas propriedades terapêuticas!Cápsulas para restauração da visão - Cleanvision

Descrição detalhada da droga Cleanvision pode ser lido neste artigo. Site oficial do fabricante da cápsula Cleanvision localizado neste endereço: https://cleanvisionnd.com/

Não deixe de dizer a melhor droga para as pessoas que têm problemas de visão!

Por que o olho não vê como deveria após a remoção da catarata?

Como regra, são observadas complicações em pacientes que tiveram uma catarata complicada por doenças concomitantes (diabetes mellitus, imunidade comprometida) ou que não cumpriram as recomendações médicas para tratamento oftalmológico após o procedimento.

A probabilidade de efeitos colaterais também aumenta em idosos – com a idade, os tecidos oculares perdem sua capacidade de se regenerar rapidamente.

Em alguns casos, são observadas complicações espontâneas que não estão associadas a nenhum dos fatores acima e se desenvolvem devido às características individuais do corpo ou por razões inexplicáveis.

Cleanvision  Estimulação elétrica - o método mais antigo para o tratamento e diagnóstico de patologias

Como deve ser o olho após a cirurgia?

Qualquer intervenção cirúrgica minimamente invasiva não passa sem deixar vestígios para o corpo; portanto, o procedimento para remover a catarata causa desconforto nos pacientes. Após a sua implementação, dor de intensidade variável, inflamação e inchaço das pálpebras, pode ocorrer uma leve vermelhidão nos olhos.

Para aliviar a dor, recomenda-se tomar analgésicos e anti-inflamatórios não esteróides (Ketanov, Ketorol, Ibuprofen).

O inchaço pode ser eliminado limitando a ingestão de líquidos e alimentos que causam inchaço.

Um véu leve pode ser observado na frente dos olhos do paciente – isso geralmente ocorre devido a inflamação local ou costuras firmemente costuradas. Normalmente, esses sintomas desaparecem sozinhos após alguns dias e não requerem intervenção médica.

Dica. Apesar do fato de a visão ser restaurada quase imediatamente após a cirurgia, os pacientes são aconselhados a limitar a carga visual: é proibido dirigir um carro, ler textos pequenos, trabalhar no computador por um longo tempo, assistir TV ou usar dispositivos móveis.

Razões para não ter visão

Para não perder o desenvolvimento de complicações e procurar ajuda médica pontual, os pacientes no pós-operatório precisam monitorar cuidadosamente sua saúde.

Se algum sinal de aviso ou desconforto severo aparecer, você deve ir imediatamente ao médico.

As manifestações de complicações incluem:

  • inchaço grave que não desaparece dentro de 2-3 dias após a cirurgia;
  • hemorragia – manchas ou veias vermelhas características aparecem na córnea;
  • lacrimejamento forte, aparência de secreção purulenta;
  • dor intensa no olho, templo ou região superciliar;
  • visão dupla, flash ou escurecimento nos olhos.

Atenção! É estritamente proibido o uso de qualquer medicamento sem consultar um médico – a automedicação em caso de complicações pós-operatórias pode agravar a situação e levar à perda total da visão.

Cleanvision  Preservando a visão, métodos modernos de diagnóstico de catarata para tratamento oportuno (2)

Que complicações são possíveis após a substituição da lente

Todas as complicações após a remoção da catarata são divididas em intraoperatório (que ocorreu durante a cirurgia) e pós-operatório.

Os primeiros são geralmente observados com qualificação insuficiente do cirurgião e incluem danos à córnea por ultrassom ou laser, ruptura dos ligamentos da lente ou da cápsula, etc. Dependendo do grau de dano tecidual, os pacientes necessitam de tratamento médico ou cirúrgico.

As complicações pós-operatórias são observadas com mais frequência e podem estar associadas a erros médicos e a patologias concomitantes ou alterações espontâneas nos tecidos oculares.

Catarata secundária dá "moscas"

A catarata secundária se desenvolve após a operação para eliminar o primário, mas os mecanismos de aparecimento de doenças são completamente diferentes.

As causas da catarata secundária são reações celulares em patologias sistêmicas, distúrbios endócrinos e outras doenças; Na parte de trás da cápsula da lente, as células epiteliais crescem, formando um filme denso.

Com essa complicação, a visão restaurada do paciente piora gradualmente, neblina e mosquitos aparecem na frente dos olhos. A catarata secundária é diagnosticada após o exame das estruturas oculares usando equipamento especial. O método de tratamento é a correção a laser (destruição de células crescidas).

Pressão intra-ocular aumentada

Uma complicação comum que se desenvolve devido à lixiviação incompleta de um agente semelhante a gel que é injetado no olho para proteger suas estruturas de danos cirúrgicos. Os pacientes desenvolvem um edema leve da córnea. Ao olhar para a fonte de luz, círculos da íris aparecem, uma ligeira diminuição da visão é observada. O diagnóstico é baseado nas queixas dos pacientes e nas medições da pressão intra-ocular usando um tonômetro especial. Tratamento médico (instilação de gotas nos olhos para o tratamento do glaucoma).

Cleanvision  Blefarite - fotos, sintomas e tratamento em adultos e crianças, tipos de doenças

Foto 1. É mais conveniente medir a pressão intra-ocular usando um pneumotonomômetro. Na foto está o modelo CT-80 da Topcon.

Névoa rosa nos olhos ou síndrome de Irwin-Gass

O edema macular (síndrome de Irwin-Gass) ocorre devido ao acúmulo de líquido na mácula (parte central da retina). Os sintomas da doença incluem deterioração da visão central, distorção de objetos, fotofobia, além do aparecimento de um véu rosado característico na frente dos olhos.

Para o diagnóstico da síndrome de Irwin-Gass, é necessário um exame do fundo de olho usando um microscópio ou um tomógrafo óptico. Pacientes com este diagnóstico são prescritos anti-inflamatórios em comprimidos ou injeções, na ausência de um resultado do tratamento – intervenção cirúrgica.

Ajuda A síndrome de Irwin-Gass raramente leva à completa perda de visão, mas a restauração da função ocular ocorre lentamente, durante vários meses.

Cleanvision Portugal